QUEM PODE SE INSCREVER NO PROUNI 2012

O PROUNI não é para todos. Nem todo mundo tem direito a conseguir uma bolsa integral ou parcial de estudos em uma faculdade particular. Se você deseja ganhar uma bolsa integral é necessário que sua renda familiar, por pessoa, seja de até um salário mínimo e meio (R$ 933, a partir de 1º de janeiro). Se a sua família tem renda por pessoa de até três salários mínimos que da 1.866,00 então você pode conseguir uma bolsa parcial de estudos.

Também é necessário que você tenha feito o Enem 2011, com um mínimo de 400 pontos na média das cinco notas do exame e pelo menos nota mínima na redação. Outra coisa importante é que você precisa ter cursado todo o ensino médio em escola pública ou, em caso de escola particular, na condição de bolsista integral.

Você não precisa ser de baixa renda para conseguir a bolsa caso seja Professor da rede pública de ensino básico que concorre a bolsas em cursos de licenciatura, curso normal superior ou de pedagogia. O ProUni já ofereceu 919 mil bolsas de estudos em cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Veja como se inscrever no PROUNI 2012

Fica mais fácil aprender e memorizar o conteúdo para o ENEM quando você fizer o Curso de Memorização e Leitura Dinâmica. Clique aqui e faça o curso pela internet. Você vai ler e memorizar 3 vezes mais rápido. Leia o nosso artigo sobre este Curso de Memorização para o Enem.
Se você gostou clique no botão . Para ser avisado quando novos conteúdos forem publicados cadastre seu e-mail clicando aqui ou assinar nosso feed. Compartilhe este artigo com seus amigos no Facebook, Twitter, Google e por e-mail:
LINKS PATROCINADOS
Compartilhe o artigo QUEM PODE SE INSCREVER NO PROUNI 2012 com seus amigos:

Para receber um aviso no seu email sempre que um novo artigo for publicado em nosso site cadastre seu e-mail e confirme o cadastro através da mensagem que enviaremos logo depois:

E-mail:

Comentários

  1. Cristiane Oliveira disse:

    Olá! Gostaria de saber quando será realizado o Enem 2012, e quem e como pode se escrever.
    Tenho 34 anos e pretendo prestar o Enem, uma vez que terminei o ensino médio em 2005.
    Aguardo um retorno.
    Obrigada.

  2. Bárbara disse:

    Boa tarde, gostei muito da informação e de receber os e-mails de voces! Mas gostaria de tirar uma duvida,as bolsas parciais do prouni sao de 50% e de 25%, qual é a renda familiar por pessoa que tem que atingir para se conseguir essas bolsas exatamente?

  3. milene disse:

    Desejo entender um pouco melhor ,quem tem direito a bolsa de estudo no exterior.Completarei 17 anos em maio e tenho interesse,em estudar fora,estudo o ensino médio em um colegio particular,porque ganhei 50% de desconto e falo inglês fluente.Minha māe è auxiliar de limpeza e meu padrasto è vendedor de tintas.Então,quero saber se mesmo estudando em um colégio particular eu posso participar da seleção,sou muito inteligente e estudiosa.Obrigada.Aguardo a resposta.Muito obrigada.

  4. Naty disse:

    Alguém poderia me informar qual a nota minima da redação??

  5. Samuel disse:

    Concluir o Ensino Médio pelo Enem 2011, sempre estudei em escola pública. Posso Participar do ProUni?

  6. Rosimeire disse:

    Olá,
    Posso fazer o enem?
    Tenho 41 anos e quero prestar nas universidades federais.
    Algumas exigem o Enem.

    Aguardo retorno.

    Grata.

  7. Débora disse:

    Olá, gostaria de saber se quem fez o Enem em 2010 pode se inscrever para concorrer a bolsas do Prouni 2012?

    Grata.

  8. Mácia Silva disse:

    Bom dia!

    Quero que me ajudem a decidir qual o melhor caminho para um adolescente que mora em instituição de abrigamento pois em maio de de 2014 completa 18 anos e terá que sair do local onde permanece e não deve voltar a morar com a família em virtude de desajuste social.

    Quando fui visitar a instituição percebi que aquela criança era muito esforçada e estudiosa, então, resolvi custear seus estudos em escola particular pois precisava recuperar o tempo perdido pois agora com 17 anos irá fazer o 9º ano do ensino fundamental.

    A instituição na qual permanece me chamou para conversar a fim de no próximo ano tirarmos ele da escola particular pois assim não terá acesso as oportunidades como cotista, mas eu questionei que ele só estuda porque eu como responsável financeira custeio os estudos, apesar de não ter nenhum parentesco com o jovem. Como fica neste caso se a renda não é familiar, será que é um caso que pode ser questionado, pois se eu morrer ele não terá como custear seus estudos particulares, a não ser que outra pessoa possa fazê-lo.

    Ano que vem, ao sair da instituição que o abriga térá que trabalhar além de estudar, e sabemos que poucas escolas públicas preparam o aluno para serem aprovados em universidades federais, então o que fazer?
    Como ele gosta de estudar e suas notas são excelentes, pensei em matrículá-lo, desde o primeiro ano do ensino médio, em uma escola particular à noite que dê base para aprovação na universidade federal, pois embora custeando seus estudos não terei condições de custear uma universidade particular.

    Se matriculá-lo em escola pública para ter acesso ao regime de cotas terá que fazer um curso paralelo já que sabemos que a maioria das escolas públicas não preparam os alunos, mas com a jornada de trabalho de 8 horas e ainda a frequência ao ensino fundamental não terá tempo para estudar em cursos complementares.

    Também, pensei em ele acompanhar o programa telecurso 2º grau,pois penso que será o que melhor se adequará ao pouco tempo que terá disponível. Vovês acham esta uma boa idéia?

    Por todas estas razãoes expostas, se possível, peço que me orientem o que pode ser o melhor para o jovem em questão, pois preciso trocar idéias com alguém da área educacional.

    Obrigada.

    Atenciosamente,

    Márcia

Comentários